Inovação e design

Os melhores acessos automáticos para centros desportivos

control acceso gimnasio espacio deportivo pabellon centros deportivos sports automatic door

O desporto faz parte da vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Na maioria das pequenas e médias cidades, existe pelo menos um centro desportivo frequentado por pessoas de todas as idades e condições para melhorar a sua saúde, o seu aspeto físico ou para passar algum tempo de diversão com amigos.

Esta presença de centros desportivos multiplica-se exponencialmente nas grandes cidades. É cada vez mais habitual a existência de imóveis e edifícios dedicados a albergar ginásios, piscinas cobertas, pavilhões e estádios para fazer desporto, ou clubes para praticar e jogar atividades como padel ou ténis.

Em muitos ginásios é habitual encontrar sistemas de controlo de acesso, como corredores com painéis de batente, corredores com painéis ocultáveis, cancelas ou tornos motorizados de batente, que garantem o acesso aos utilizadores e para o pessoal do centro desportivo. Através de um cartão de proximidade ou pulseira RFID, que os utilizadores devem aproximar destes dispositivos para poder aceder comodamente e sem necessidade de contacto.

Na maioria dos casos entramos no ginásio ou centro desportivo com as mãos ocupadas com sacos ou mochilas onde levamos a roupa, ou com o material que precisamos para a prática de desporto, como uma raqueta ou uma bola. Graças às portas automáticas não temos que usar as nossas mãos para aceder ou sair do edifício, algo que é extremamente cómodo para os clientes e utilizadores.

Vantagens e benefícios das portas automáticas e acessos inteligentes em espaços desportivos

Por outro lado, os acessos inteligentes são também uma vantagem para os donos e administradores dos edifícios onde se pratica desporto. As portas automáticas melhoram la eficiência energética do imóvel, já que se evitam alterações bruscas de temperatura. São também benéficas para as pessoas que ali trabalham durante todo o dia e para quem passa umas horas por semana, já que, ao não ter que tocar nas portas com as mãos, reduz-se a possibilidade de transmissão de vírus ou bactérias.

Por outro lado, contar com controlos de acesso informatizados e ativados por meio de cartão de utilizador ou pulseira RFID permite ao centro desportivo conhecer a afluência de pessoas ao edifício, evitando intrusões indesejadas, e ao mesmo tempo controlar se a pessoa que acede pagou a quota correspondente.

Muitos arquitetos já incluem as portas automáticas e os controlos de acesso como um elemento essencial nos seus projetos de instalações desportivas. Contacte-nos já e receba informações sobre a variedade de acessos inteligentes da Manusa para centros desportivos.

Tem dúvidas?