Barcelona, España

Portas de setorização do túnel L9 em Barcelona

Transporte

A segurança é um dos aspectos mais importantes das viagens. Embora o utilizador possa não estar plenamente consciente disso, existem dezenas de sistemas e elementos que trabalham constantemente para garantir que não surja nenhum problema que possa ser um perigo para as pessoas. 

O transporte público é um bom exemplo disso. Quer seja o sinal sonoro antes de fechar portas no vagão do metro, elevadores com botões de chamada de emergência nas estações, bancos robustos nos autocarros ou escadas rolantes nas estações ferroviárias que podem ser parados ao toque de um botão em caso de qualquer incidente, os serviços de transporte urbano são, em grande medida, completamente seguros.

Um dos projectos emblemáticos da Manusa em prol da segurança dos passageiros foi desenvolvido no Metro de Barcelona, especificamente na Linha 9. A Manusa fabricou e instalou aí três grandes portas sectoriais de túneis para as estações da secção II desta linha.

As três portas de dimensões idênticas, aproximadamente 4 metros de largura por 3,7 metros de altura, suportam uma pressão de mais de 2.000 Pa e têm propriedades anti-fumo, com uma resistência máxima ao fogo de 120 minutos. Cada uma das portas está equipada com uma porta para peões com propriedades ignífugas EI120 para permitir a passagem de pessoas em caso de incêndio, altura em que as portas de sector do túnel se fecharão, impedindo a propagação de fumo e fogo através do túnel.

A estrutura metálica que suporta as portas é formada por ajustes telescópicos que lhe permitem adaptar-se facilmente às irregularidades da obra, respeitando os requisitos exigentes deste tipo de instalação.

Ao nível do controlo, interagem com o sistema de sinalização da via e de combate a incêndios das estações e túneis, alcançando um nível de segurança SIL3, o que lhes permite garantir a fiabilidade do sistema UTO Siemens (sem condutor e sem agente de bordo), que rege a condução dos comboios que circulam nesta linha de metro.

As três portas sectoriais de túneis foram feitas à medida, sob um projecto chave na mão e num tempo recorde de 3 meses, durante o qual o seu fabrico e instalação foram concluídos graças à extensa capacidade tecnológica e de engenharia da Manusa.

Tem dúvidas?